Barra de Vídeo

Loading...

13 janeiro, 2011

Trabalho de casa...


Uma vez, o professor deu como trabalho de casa o seguinte: «Vai ao encontro de alguém e diz-lhe que o amas». Os alunos contariam depois a experiência. O André, enquanto regressava a casa, pensava a que pessoa iria declarar a sua amizade. E pensou no seu padrinho. De facto, há cinco anos que se tinham zangado e, por isso, evitam olhar-se olhos nos olhos. Ao chegar a sua casa, tocou a campainha, desejando que fosse ele a atender. E assim foi. O afilhado disse: Padrinho, venho apenas para lhe dizer que o amo. O padrinho ficou espantado. Comoveu-se e abraçou o André dizendo: Também eu te amo, mas nunca fui capaz de o dizer. Passados poucos dias, o padrinho adoeceu gravemente e morreu. André, felizmente, ainda tivera tempo de declarar o seu amor.



(desconheço autor)

Não será que precisamos na nossa sociedade de mais professores que mandem trabalhos de casa como este? Deixemos o nosso orgulho de parte e sejamos nós próprios a dar o primeiro passo tal como este jovem fez.

Sem comentários: