Barra de Vídeo

Loading...

31 janeiro, 2010

O MENDIGO


Era uma vez um mendigo que estava sentado na rua a pedir esmola. Inesperadamente viu o rei a aproximar-se, vestido com a sua capa e com uma coroa na cabeça. O mendigo pensou consigo: «Vou pedir lhe esmola e ele certamente me irá dar o suficiente para viver pelo menos durante um mês». Quando o rei passou diante dele, disse-lhe: -Majestade não podia dar-me uma esmola? O rei fixou-o e disse-lhe: -Porque não és tu a dar-me algo? Porventura não sou eu o teu rei? O mendigo não sabia que responder e disse: -Mas, Majestade, eu sou pobre e não tenho nada! O rei respondeu: Deves ter alguma coisa. Procura! O mendigo buscou e encontrou uma laranja, um pão e uns grãos de arroz. Pensou que devia ficar com a laranja e o pão. Por isso pegou em apenas cinco grãos de arroz e deu-lhos. O rei disse: - Vês como tinhas alguma coisa para dar? E o rei deu-lhe então cinco moedas de ouro, uma por cada grão de arroz. O mendigo feliz disse: Majestade, julgo que tenho outras coisas… Mas os rei respondeu imediatamente: Só te posso recompensar por aquilo que deste de coração ao teu rei.
- Por vezes somos como este mendigo.
Só oferece-mos aquilo que já não nos faz falta
e não entregamos aquilo que realmente precisamos
e sobretudo aquilo que somos.
Vamos pedir ao Senhor para que nos ajude
a cultivar este espírito de entrega total.

Sem comentários: